Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de FCA Press e fique atualizado sobre todas as novidades

16 jul 2020

Parabéns, Panda: encontro com o estilo no segundo vídeo de comemoração dos quarenta anos do modelo da Fiat

Parabéns, Panda: encontro com o estilo no segundo vídeo de comemoração dos quarenta anos do modelo da Fiat
  • As comemorações relativas ao aniversário do Panda prosseguem com o segundo vídeo-entrevista sobre o tema: o design do Panda através de 40 anos de história.
  • Luca Napolitano, Responsável das Marcas Fiat e Abarth para a região EMEA, fala sobre o assunto com Klaus Busse, Responsável de Design da FCA para a região EMEA.
  • O vídeo, divulgado nos canais sociais da Fiat, está disponível no seguinte link.

 

Prossegue a viagem pelos quarenta anos de história do Panda. Depois de ter feito escala no “mundo dos motores” com Maria Grazia Lisbona, o segundo vídeo é dedicado a celebrar o ícone da Fiat e a aprofundar o design que caracterizou as três gerações do citadino da Marca.

 

Convidado de Luca Napolitano, Responsável das Marcas Fiat e Abarth para a região EMEA, para contar esta nova história, Klaus Busse, Responsável de Design da FCA para a região EMEA, vai analisar o estilo e o design italiano do Panda: aquela mistura perfeita de consistência, funcionalidade e pragmatismo.

 

«O sucesso de um automóvel - afirma Luca Napolitano - resulta de uma aposta ganha, de um lampejo de intuição estilística mediado pelos estudos sobre as novas tendências do gosto e sobre as exigências emergentes da clientela. Nasce, em suma, de uma receita posta à prova pelo juiz mais severo: o tempo. Como no caso do Fiat Panda, que corta este ano a meta dos 40 anos de vida, condensados em três gerações, numerosos recordes tecnológicos e comerciais, e que personifica de forma inconfundível a quotidiana relação com o automóvel: mais imediata, mais desenvolta.  Basta pensar nos mais de 7,8 milhões de veículos produzidos até hoje e no facto de, no primeiro semestre do ano, o Panda se ter confirmado, a par do 500, como indiscutível líder do segmento A na Europa. Com efeito, graças ao lançamento da motorização híbrida, o Panda matriculou quase 59.900 viaturas e atingiu uma quota de 17,1%, com um crescimento de +2,3 pontos percentuais em relação ao ano anterior.»

 

Assim é o Panda, um citadino que, desde o lançamento, foi capaz de surpreender, de oferecer soluções para as mais diversas exigências. Uma viatura multifuncional, simples e intuitiva, acessível e económica. Numa palavra, um modelo inconfundivelmente Fiat.

 

«Quando foi lançado, em 1980, o Fiat Panda foi definido como a caixa mágica repleta de ideias originais, engenhosas e surpreendentes», conta Klaus Busse. «O Panda foi projetado para ser utilizado e “vivido”, não apenas para ser admirado. É o objeto de design típico, apreciado pela funcionalidade e pelo estilo. E foi por isso que conquistou o coração de todos.»

 

Entre os segredos do sucesso do Panda, estão as dimensões externas compactas, o grande espaço interno configurável em função das exigências de transporte, a ampla escolha de motorizações e as numerosas combinações cromáticas. Tudo contido numa “forma” familiar, robusta e tranquilizadora que de imediato suscita simpatia e cumplicidade, seja na utilização em cidade, seja nos mais remotos lugares de montanha. Não é por acaso que o Panda é o modelo mais amado pelos italianos e também por muitos europeus que o escolheram para “companheiro de vida” nas estradas de todos os dias. O Panda é um veículo urbano, mas, ao mesmo tempo, também um pequeno SUV quando ainda ninguém sabia que coisa era um SUV. E na versão 4x4 é verdadeiramente imparável.

 

De resto, está no ADN da Fiat oferecer estilo original e funcionalidade com soluções inteligentes que simplificam e melhoram a vida a bordo. Assim é para o Panda, que soube evoluir ao longo do tempo, mas permanecendo sempre fiel a si próprio, num perfeito equilíbrio entre forma e função. Porque, de geração em geração, o citadino da Fiat soube reinterpretar alguns dos seus elementos de estilo sem nunca perder a identidade e, acima de tudo, sem nunca renunciar à versatilidade. De facto, para a Fiat, o Panda é o ícone funcional da gama, com aqueles característicos elementos de design que o tornam imediatamente reconhecível como um Panda, qualquer que seja a série ou o ano de matrícula: desde os bancos rebatíveis até ao espaço interno pronto para ser preenchido como se quiser, desde a linha de cintura até ao compartimento de arrumação no tabliê, sem esquecer a disposição simples e intuitiva dos comandos para uma condução sempre agradável e segura.

 

Num futuro próximo, o Fiat Panda vai continuar a surpreender, porque a sua carga inovadora é uma contínua fonte de inspiração para os designers do Centro Stile que trabalham com o objetivo de encontrar soluções inteligentes e ainda mais funcionais para o citadino de amanhã. E foi exatamente de um dos múltiplos processos criativos que saiu o Fiat Concept Centoventi, ou seja, a resposta da Fiat à mobilidade elétrica e sustentável de amanhã, baseada em mais de 120 anos de história.

 

A viagem à descoberta do Fiat Panda não se esgota aqui. Na terceira entrevista em vídeo, vai-se falar de Solução Inteligente. Fique sintonizado!

 

Porto Salvo, 16 de julho de 2020

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA