Inscreva-se na newsletter

Inscreva-se na newsletter de FCA Press e fique atualizado sobre todas as novidades

21 out 2020

O Novo Panda está a chegar... celebrando os seus primeiros 40 anos!

O Novo Panda está a chegar... celebrando os seus primeiros 40 anos!

 

  • Para celebrar os primeiros 40 anos do modelo, a Fiat apresenta o Novo Panda: mais Eco, mais Tech e mais Fun.
  • O Novo Panda Sport dirige-se a um cliente jovem e dinâmico e é uma ampliação da “família Sport da Fiat”, atualmente constituída pelos modelos 500X, 500L e Tipo.
  • O Novo Panda oferece toda uma série de novos conteúdos: rádio com ecrã tátil de 7'', novos para-choques, duas novas e exclusivas cores de carroçaria, Azul Ceramic e Cinzento Mate, novos interiores com bancos e tabliê em materiais reciclados e exclusivas jantes em liga de 16".
  • Uma nova gama com três novas almas: Life, para clientes que vivem a vida na cidade ao máximo; Sport, para quem tem um estilo de vida ativo; Cross, para quem pretende utilizar a viatura também para explorar os grandes espaços ao ar livre. 
  • Há ainda uma ampla gama de níveis de equipamento: Panda, City Life, Sport, City Cross e Cross.
  • O único citadino disponível em versão Híbrida, 4x4 a Gasolina, GNC e GPL (GNC não disponível em Portugal).
  • O híbrido mais democrático do mercado, o motor Híbrido FireFly Hybrid 1.0 de 70 cv, está agora disponível em todas as versões da gama. 

 

O Novo Panda está a celebrar os seus primeiros 40 anos e, para a ocasião, a Fiat está a renovar o seu ícone funcional e a alargar a família com o Novo Panda Sport. A gama, com data prevista de lançamento em Portugal no mês de Novembro, inclui agora cinco níveis de equipamento, em representação das três novas almas do modelo. Assim, será mais fácil escolher a versão que melhor satisfaz os gostos e as exigências de um cliente mais atento ao estilo urbano com a alma Life dos níveis de equipamento Panda e City Life. Para quem prefere uma vida dinâmica e com muita personalidade, a alma Sport da nova versão Sport; ou para quem adora viajar, a alma Cross dos níveis de equipamento City Cross e Cross.
O Novo Panda representa, assim, a natural evolução de uma invenção que é sinónimo, há 40 anos, de charme, facilidade de utilização e versatilidade. O Panda é tudo isto e muito mais: é uma ‘marca’ repleta de capacidade funcional e valor emocional, símbolo de liberdade para viajar, mas também um produto que se tornou parte do inconsciente coletivo, tal como outros resultados da criatividade italiana: do Fiat 500 à Vespa Piaggio, da cafeteira Moka Bialetti ao cinzeiro Cubo de Bruno Munari.
“Desde 1980 até aos nossos dias, o icónico citadino da Fiat conquistou o coração de todos ao bater tantos recordes: o de mais vendido em absoluto em Itália há 8 anos consecutivos e o de líder – com o 500 – no mercado europeu dos citadinos, com mais de 375.000 unidades vendidas anualmente”, disse Luca Napolitano, Responsável das marcas Fiat, Lancia e Abarth para a região EMEA. “Entre os fatores deste sucesso estão as muitas séries especiais lançadas nos últimos anos para explorar territórios desconhecidos para um citadino. Algumas das mais recentes séries – o Panda Waze de 2018 e o Panda Wind (esta versão não disponível em Portugal) e Panda Trussardi de 2019, conhecidos como “o mais social” e o “o Panda de luxo”, respetivamente, – ajudaram a torná-lo o citadino mais vendido na Europa. O testemunho passa agora para o Novo Panda, que chega à plena maturidade ao dar mais um passo em frente em termos de respeito pelo ambiente, tecnologia, singularidade, divertimento e funcionalidade. O Panda sempre se distinguiu em todos estes campos com soluções engenhosas que permitiram à ‘caixa mágica’ evoluir ao longo dos anos, mas sempre permanecendo fiel a si próprio.”
O Novo Panda é o único no seu segmento a propor uma gama completa em termos de tração (4x2 e 4x4) e de motorização (Híbrida, 4x4 a Gasolina, GPL e GNC, esta última não disponível em Portugal). Tudo num ‘formato’ familiar, robusto e tranquilizador, que de imediato evoca charme e cumplicidade, seja quando conduzido em cidade, seja na mais remota montanha. Sem esquecer as especificidades que o tornaram conhecido mundialmente: dimensões externas compactas, amplo espaço interno configurável e originais combinações de cores.

 

O mundo ‘Life’, nas versões Panda e City Life

A primeira variante do novo mundo urbano da alma ‘Life’ é o nível de equipamento Panda, a porta de acesso à gama: uma versão acessível recheada de soluções inteligentes que a tornam ideal para todo o género de viagens ou deslocações. O segundo nível de equipamento é o genuíno novo representante desta alma: o Novo Panda City Life, o elemento-chave da gama, dirigido a quem procura o melhor rácio entre preço e substância de produto num citadino, sem sacrifício de um estilo atraente e inconfundível. O design do Panda City Life inclui novos para-choques dianteiros, uma nova aplicação nas saias laterais e novas jantes ‘Life’ de 15” e uma perfeita combinação com os diversos elementos em preto a contrastar, de série: das barras no tejadilho às faixas protetoras laterais, dos suportes dos retrovisores aos puxadores externos das portas. A alma urbana está presente também no habitáculo, que inclui bancos em dois tons de cinzento e tabliê cor de antracite, ar condicionado de regulação manual e sistema Uconnect com rádio DAB, tecnologia Bluetooth 2.1 e um local especial para smartphone instalado no tabliê (com o novo rádio de ecrã tátil de 7” com sistema digital DAB, preparado para Apple CarPlay e compatível com Android Auto™ e suporte para smartphone como opcional).

 

O novo Panda Sport, para clientes com estilo de vida ativo

Dirigido a um cliente jovem, dinâmico, atraído por um estilo desportivo e cheio de personalidade, o Novo Panda Sport complementa a “família Sport da Fiat”, atualmente constituída pelos modelos 500X, 500L e Tipo.
A nova versão reconhece-se de imediato pela sua inconfundível estética: as novas jantes bicolores de 16" com tampões pretos e vermelhos; os puxadores e os suportes dos retrovisores da cor da carroçaria e, como alternativa, em preto brilhante a condizer com um tejadilho preto (opcional); e o exclusivo logo cromado “sport” na lateral, por cima do indicador de direção. Disponível também a exclusiva cor de carroçaria Cinzento Mate.
Podemos encontrar as mesmas arrojadas características no interior, onde os destaques incluem novo tabliê cor de titânio, painéis das portas específicos em ecopele, forro do tejadilho preto e novos bancos com revestimento cinzento-escuro, detalhes em ecopele, painéis laterais em tecido e pespontos vermelhos. E para o cliente que deseja uma imagem ainda mais agressiva, o Novo Panda Sport pode ser equipado, como opcional, com o Pack Pandemonio – clara homenagem ao kit lançado em 2006 no Panda 100 HP – que inclui pinças de travão vermelhas, vidros escurecidos e novo volante em ecopele com pespontos vermelhos.
Por fim, o equipamento de série inclui o novo rádio com ecrã tátil de 7'” com sistema digital DAB, preparado para Apple CarPlay e compatível com Android Auto™, e um suporte para smartphone.

 

As versões Cross e City Cross, para amantes da liberdade

A terceira alma do Novo Panda, a ‘Cross’, está disponível nos níveis de equipamento City Cross e Cross, com inconfundível personalidade off-road. Ambas as versões oferecem tração 4x2 ou 4x4, podendo agora ser alimentadas a gás natural (GNC não disponível em Portugal).
Especificamente, o Novo Panda City Cross foi projetado para clientes que procuram um citadino que se assemelhe a um ‘fora de estrada’, a um preço acessível: é o veículo certo para fazer uma pausa na rotina diária e imergir em excitantes aventuras urbanas. Esteticamente, o novo modelo é proposto com a nova cor pastel Azul Ceramic, em perfeita combinação com o novo revestimento em ecopele bicolor (azul e preto) dos painéis das portas e dos bancos, sendo estes enriquecidos com costuras prateadas e painéis laterais em tecido. No centro do tabliê destaca-se o novo rádio com ecrã tátil de 7” (opcional) e o ar condicionado de regulação automática, de série. O Novo Panda City Cross é complementado com luzes diurnas dianteiras com LED e com elementos em preto, como as barras do tejadilho e os frisos laterais que lhe acentuam o visual urbano.
A nova gama completa-se com o Panda Cross, o nível de equipamento topo de gama com caráter e visual de um todo o terreno e os melhores conteúdos para quem deseja um veículo com tudo incluído. Apresenta novas jantes de 15" estilizadas, dois ganchos de reboque vermelhos na parte inferior da grelha do para-choques, acabamento cromado nas proteções inferiores, barras de tejadilho e faixas protetoras laterais com a inscrição ‘cross’ a preto em relevo.
A ampla gama de conteúdos de série inclui sensores de estacionamento traseiros, ar condicionado de regulação automática, volante forrado de pele, novos painéis das portas em ecopele, novo tabliê 'woody’ fabricado com materiais reciclados e novo rádio com ecrã tátil de 7” com sistema digital DAB, preparação para Apple CarPlay, e compatibilidade com Android Auto™ e suporte para smartphone. De referir ainda os novos bancos bicolores com atenção à sustentabilidade, sendo a zona central elaborada num especial tecido amigo do ambiente obtido com pelo menos 37” de plástico reciclado proveniente da terra. São enriquecidos com pespontos laterais castanhos, pormenores em ecopele e logo “cross” específico. 

 

Infoentretenimento de nova geração

Pela primeira vez, o modelo é equipado com o novo rádio com ecrã tátil de 7”, sistema digital DAB, preparação para Apple CarPlay e compatibilidade com Android Auto™ e suporte para smartphone. O Apple CarPlay, em particular, integra na perfeição o smartphone no ecrã, para que os utilizadores possam fazer chamadas, aceder às próprias músicas, enviar e receber mensagens, obter itinerários com base nas condições do trânsito e muito mais, mas ficando sempre concentrados na estrada.

 

Novo motor Mild Hybrid agora disponível em toda a gama

Lançada em fevereiro no Panda Hybrid Launch Edition, exclusiva série especial apresentada ao mesmo tempo que o 500 Hybrid Launch Edition, a tecnologia Mild Hybrid está agora disponível em toda a gama do Novo Panda, oferecendo todos os benefícios de uma motorização híbrida eficiente, compacta, leve e acessível. Em síntese, a melhor solução para um citadino, coerente com a abordagem da Fiat, que sempre foi pioneira em termos de tecnologia e inovadora em termos de mobilidade, agora ainda mais sustentável.
A motorização Mild Hybrid a gasolina alia o novo motor de 1 litro, 3 cilindros, 70 cv (51,5 kW) da família FireFly, conforme à norma Euro 6D Final, com um motor elétrico BSG (Belt-integrated Starter Generator). Este último recupera energia nas fases de travagem e desaceleração, armazena-a numa bateria de iões de lítio com capacidade de 11 Ah e usa-a, com um pico de potência de 3,6 kW, para ligar o motor quando em modo Stop&Start para assistir a aceleração.
Comparado com o Fire 1.2 69 cv, o motor Mild Hybrid do Panda otimiza o consumo de combustível e reduz as emissões de CO2, garantindo as mesmas performances e assegurando um elevado padrão de conforto, mesmo nas fases de arranque. O sistema BSG significa também que o motor de combustão interna consegue reiniciar muito silenciosamente e sem vibrações quando para e volta a arrancar.
A transmissão adota a nova caixa de 6 velocidades, projetada para otimizar ainda mais o regime de utilização do motor. O Novo Panda Hybrid dá também aos clientes acesso a todas as vantagens da homologação como veículo híbrido, que – dependendo da regulamentação local – inclui liberdade de acesso e de movimento nos centros urbanos, parques de estacionamento mais baratos nas cidades e reduções fiscais.

 

Pack D-Fence by Mopar

Como opcional, o Novo Panda pode ainda ser equipado com o novo pack ‘D-Fence by Mopar’, constituído por três dispositivos para ótima higiene da viatura: um filtro que impede a entrada na viatura de impurezas provenientes do exterior, bloqueia partículas e praticamente 100% dos alérgenos, além de reduzir a formação de bolor e de bactérias em 98%; um purificador do ar dentro do habitáculo que filtra micropartículas, como pólen e bactérias; e uma lâmpada UV para higienizar as superfícies de contacto dos nossos carros: volante, alavanca das mudanças e bancos.

 

Quarenta anos de recordes no seu segmento, excelência nos campos Eco, Tech, Distinção e Fun

Relatar a história do Fiat Panda é folhear um álbum de quatro décadas de memórias de um modelo que evoluiu, mas mantendo-se sempre fiel a si próprio. O segredo do sucesso do expoente máximo da Fiat em termos de citadinos está na sua adequação a todas a ocasiões. Desde o lançamento no Salão do Automóvel de Genebra de 1980, o Panda tornou-se conhecido como a caixa mágica recheada de ideias originais, engenhosas e surpreendentes. Para evocar os 40 anos de sucesso do ícone italiano, a marca produziu três vídeos – focados em Grupo Motopropulsor, Estilo e Soluções Inteligentes – onde Luca Napolitano, Responsável das marcas Fiat, Lancia e Abarth para a região EMEA, remete para o passado a revelação dos segredos do Panda e olha para o futuro deste modelo intemporal.
Em síntese, o Panda sempre foi inovador no seu segmento. Por exemplo, no campo Eco, o Panda Elettra (1990) foi um dos primeiros modelos elétricos produzidos em série na Europa, enquanto o Panda Natural Power (2006) foi a primeira viatura alimentada a gás natural a ser produzida em massa, seguido, um ano depois, pelo Panda com alimentação a GPL, o Panda EasyPower. Este ano, o Panda Hybrid Launch Edition, com o 500, foi o primeiro modelo Fiat com motorização Mild Hybrid, pronto para revolucionar a mobilidade urbana. Em termos de inovação tecnológica, o modelo Fiat não tem paralelo: em 1983, foi o primeiro citadino com tração 4x4 e, em 2013, foi o primeiro na sua classe a oferecer travagem automática de emergência. Não se pode negar que o seu inconfundível caráter fascinou tanto o público em geral como a imprensa internacional especializada: nada menos que os prestigiados títulos de “Car of the Year” (2004), o primeiro no seu segmento a receber este prémio, e de “4x4 of the Year 2019”, atribuído pela revista inglesa 4x4 Magazine. Uma ilustre história de recordes que também continua no campo ‘fun’: em 2004, foi o primeiro citadino a chegar aos 5.200 metros do Campo Base do Evereste, e, em 2017, o Panda Cross 4x4 completou o lendário Dakar, tendo sido o primeiro veículo italiano, o primeiro modelo Fiat e o primeiro veículo derivado de um compacto de série a cumprir tal feito. O Fiat Panda bateu ainda mais recordes: tendo chegado a um número de quase 8 milhões de unidades vendidas ao longo de 40 anos, continua a liderar nas vendas em Itália – como o carro mais vendido em 8 anos consecutivos –, confirmou a sua posição de liderança na Europa com um crescimento de 3 pontos na quota de mercado e conseguiu a melhor quota de mercado desde o lançamento do Panda em 2012 (17,1%).

 

Porto Salvo, 21 de outubro de 2020

Outros materiais

Inscreva-se na newsletter.

INSCREVA-SE AGORA